Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 28 de setembro de 2013

A lenda da linha 485.

Um dos meus objetivos neste blog é contar como é o dia-a-dia dos alunos, pelo o que passamos, quais são nossas lutas diárias.

Para quem mora na Tijuca, Zona sul, ou simplesmente precisa ir para o centro, a única linha é o famoso 485.

Esta linha liga Ipanema, desde a praça General Osório até a Penha. É um percurso muito longo para a pouca quantidade de ônibus que existiam.

Sempre esperei bastante tempo para pegar este ônibus, mas em uma sexta-feira, dia de trânsito mais caótico não sei porquê, fui para o ponto nada mais do que 15:12 da tarde e às 17:24 NENHUM ônibus da linha 485 havia passado.

Eu tinha aula às 18:00. Estava preparada para um possível desencontro, mas sinceramente, não conseguir ir para uma aula, saindo com 3 horas de antecedência, é um desaforo.

Botafogo até o Fundão, passando pelas ruas movimentadas, em geral demora 45 minutos. NO MÁXIMO. Exceto em casos muito extremos, como trânsito devido a acidentes que param um lado da pista e coisas do tipo. Sem trânsito, demora em torno de 18 minutos. Ou seja: saí de casa com bastante antecedência. Resultado: perdi uma aula. Mas, podia ter perdido uma prova.

Revoltada, pedi aos meus colegas ajuda pra reclamarmos dessa linha. Gostaria de salientar também, que aceito histórias de outras linhas para publicarmos aqui e procurarmos respostas das empresas.
Mandem para o e-mail: dominiquesouza@ufrj.br

Mas enfim, pedi para ligarem e reclamarem. O CA do nosso curso, nos pediu pouco tempo depois para preenchermos uma ficha a respeito da qualidade dos serviços de ônibus para a cidade universitária.

Coincidência ou não, criaram a linha 481, que faz o mesmo percurso do 485, porém, vai somente até Botafogo. Para quem mora em Botafogo, foi uma boa ideia, afinal, normalmente quando o 485 passava por lá, já faltava espaço até para entrar no ônibus, como em alguns horários de manhã ou por volta das 17:00, que muitas vezes nem dava para entrar.

Com um percurso menor, melhora até para quem mora em Laranjeiras, Flamengo... esses sim nunca iam sentados no 485.

No centro já existem outras opções para ir para o Fundão, como os ônibus que vão para a Ilha. O problema é que muitos desses depois de alguma certa hora da tarde não entram mais no Fundão.

Aos poucos, conseguimos melhoras. O 485B, que tem ar condicionado, era mais caro, agora está 2,75 como qualquer ônibus. Nós conseguimos a redução dos 0,20 nas passagens.
Não podemos deixar que as empresas cobrem e entreguem serviços de má qualidade sem reclamarmos.

Há pouco tempo, foi postado um vídeo de um motorista ameaçando um aluno da UFRJ. O motivo da briga não fica claro no vídeo, porém, fica claro o comportamento exagerado do motorista.

Os motoristas dirigem acima da velocidade, furam sinais, freiam bruscamente, ouvem música alta enquanto já existe lei contra isso, não param em todos os pontos. Muitos motoristas perguntam se "alguém vai para o Catumbi?", para evitar passar neste bairro e encurtar o caminho. E quem precisa ir para a UFRJ de lá?

É muito abuso.

Coincidência ou não, reclamamos e fizeram uma nova linha.

Há quem pense que apenas mudaram alguns 485 para 481 e que o número de ônibus continua o mesmo, porém, teríamos que fazer uma pesquisa mais profunda para descobrir isso. No momento, por enquanto, vamos comemorar. Mudaram alguma coisa por nós. Vamos tentar ver na prática se vão continuar passando, e com mais frequência linhas que ligam a zona sul ao Fundão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário